04 novembro 2008

Sol



Conta-nos uma lenda que um viajante encontrou uma fonte de águas cristalinas no deserto.
A água era tão límpida e fresca que resolveu levar um pouco para o seu rei.
Satisfez sua sede e logo a seguir encheu o seu cantil com aquela água maravilhosa.
Andou ainda vários dias debaixo do sol do deserto até chegar ao palácio do rei.
Quando finalmente chegou à presença do seu soberano, curvou-se aos seus pés e entregou-lhe o presente que lhe trouxera.
A água já estava estragada e com mau cheiro devido ao cantil velho onde havia sido guardada por vários dias. Porém, o rei não deixou que seu fiel súbdito percebesse que a água estava imprópria para o uso.
Saboreou o presente com expressão de gratidão e encanto.
Depois, despediu-se do homem que saiu da sala do rei com o coração transbordando de alegria.
Após ter saído, outros provaram a água e ficaram espantados pelo facto do rei ter fingido apreciar o que o leal súbdito havia oferecido.
- Ah! Disse o rei, não foi a água que eu saboreei, mas o amor demonstrado no oferecimento.

8 comentários:

SuEli disse...

Boa Noite, Anita

Estas lendas são muito bonitas de se ler, mas não ensinam o correto, pois jamais devemos nos prejudicar para agradar seja lá quem for e por que motivo for.

O ser humano por não querer desagradar o outro, faz muitas vezes coisas que desagradam a Deus.

Temos que escolher a quem queremos agradar: A Deus ou ao homem? Eu escolhi em 1989 a Deus e graças a Ele, nunca mais desagradei à Ele para agradar ao homem.

Gostaria, com toda sinceridade, que me dizessem se querem a minha opinião sincera nos posts ou preferem que eu não me pronuncie, pois a partir de hoje, só visitarei os blogs que disserem com toda sinceridade do coração que desejam o meu conhecimento a respeito do que sei sobre espiritualidade.

Quem desejar, por favor, se pronuncie dizendo "EU QUERO SUA PRESENÇA NO MEU BLOG DANDO A SUA OPINIÃO" e eu irei com todo prazer.

Obrigada e desculpe qualquer coisa que tenha feito de desagrado.

Uma abençoada noite e fiquem com Deus,
Beijos,

Andreia do Flautim disse...

O que interessa é a intenção!

Pelos caminhos da vida. disse...

São demostrações assim é que vemos o verdadeiro amor para com o próximo.

Bom dia amiga!

Obrigada pelas visitas, e pelos carinhos que vc tem feito a mim, é reciproco viu.

beijooo.

Kelly disse...

Querida... és uma pessoa mais que especial pra mim!!!
Agradeço a Deus por ter vc tão longe e tão perto.
Bjssssssssssssssssssssssssssssssssssssss neste coração enorme

Viviana disse...

Olá querida Anita,

O nosso povo costuma dizer que o que conta é a intenção.

Se o resultado não é o melhor, mas a intenção foi boa...

Está certo.

tenha uma boa noite, amiga linda
Viviana

Graça disse...

" Não foi a água que saboreei, mas o amor demonstrado no oferecimento."
Como és linda minha amiga Anita...como eu gostaria de estar junto a ti, geograficamente, porque estarás sempre bem juntinho a mim..estarás sempre no meu coração !!Como tu me ajudas !!
Claro que o que conta ,é a intenção com k se fazem as coisas .. somente assim em situações similares, é k demonstramos se temos ou não amor pelo próximo...
Mil bjinhos doces.
Graça

Pelos caminhos da vida. disse...

Boa noite amiga!

Tem outro selinho la esperando por vc.

beijooo

Ana Maria disse...

A demonstração de amor nos deixa comovidos.
Beijinhos!

prémios e miminhos ganhos