16 junho 2008

O silêncio...


O silêncio de Deus é mais eloquente do que todas as minhas palavras.

Porque não me calo e ouço o Seu silêncio no meu silêncio?

Quando Deus não me fala, Ele trabalha em mim. É como quando eu me concentro numa tarefa e não converso com os meus filhos. Não é que os ame menos quando estou em silêncio. É que eu preciso do meu silêncio para trabalhar a favor deles.

Quando o Senhor está em silêncio, Ele continua tão perto e tão presente como quando faz a Sua voz, quer ela venha mansa e delicada como uma brisa suave, quer ela venha forte e poderosa como uma rajada sibilante de vento impiedoso.

Senhor, ignora os meus protestos.

Seja eu como o barro que se deixa moldar, pois Tu és, o Oleiro.

5 comentários:

Andreia do Flautim disse...

às vezes também é preciso silêncio!
Beijinho!

Fernanda disse...

Eu aprecio imenso o silêncio, aliás cada vez mais evito o barulho e confusão.
Uma boa semana, Anita!
Bjos

Viviana disse...

Olá querida Anita,

Creio que o nosso deus aprecia muito o silêncio!

Sabe, eu gosto e necessito de ficar em silêncio diante Dele.

Quantas vezes ele nos fala através do silêncio!
Tenha um bom entarder
Um abraço
Viviana

Multiolhares disse...

Só no silencio nos encontramos com o ultra,
Cada vez preciso mais do silencio, quando escuto as pessoas a falarem sem nada dizerem, falarem e magoarem , julgarem ser donos da verdade e intransigentes, se falares o que querem escutar muito bem quando não reduzem-te a pó

Mas enfim é o que temos, vamos encontrando os nossos silêncios internos
bgeijinhos

Tinoca Laroca disse...

precisamos disso...
ficar em ...
s i l e n c i o

God bless you.
T.

prémios e miminhos ganhos