16 fevereiro 2010

O ninho da águia




Mais uma vez venho falar das águias. Sim águias, ave que a Bíblia tanto fala e fala para nos mostrar tantas situações da nossa vida. Através destes animais nós podemos aprender muito.


Como todos os animais as águias "casam-se". Assumem um compromisso de cuidado mútuo e de entreajuda para toda a vida.


Os "votos de casamento" têm lugar a uma altitude de cerca de 3 000 a 4 500 metros. A essa altitude incrível as águias realizam um ritual ou cerimónia em que o macho e fêmea unem as garras (como quem dá as mãos) e giram sobre si próprias gritando de alegria.


Após o casamento começam a construir o seu "lar". Elas escolhem um lugar inacessível aos outros animais.


Moram em lugares altos, seguros. Algumas espécies escolhem o cimo das árvores muito altas e muito fortes. Outras escolhem as montanhas. Constroem de forma a ficarem com as costas protegidas pela encosta da montanha, de frente para o horizonte, tendo uma boa vista panorâmica, encarando a vida bem de frente. Em qualquer dos casos, o ninho da águia é construído de forma a ser duradouro. Pode durar toda a vida do casal, apenas necessitando de arranjos e ajustes de ano a ano.


O lar do crente deve ter a cruz como alicerce, sendo baseado na fé e na salvação, procurando que todos os seus membros cheguem ao conhecimento de Jesus como seu Salvador, como Aquele que, no madeiro, deu a vida em lugar de cada elemento daquele lar.


Deve ser construído sobre a Rocha Eterna, eternamente segura e inabalável que é o nosso Deus.


O crente deve viver nas alturas, perto do Senhor, protegido por Ele. Quanto mais perto do Senhor andares, melhor visão terás, melhor será a tua perspectiva do mundo, melhor verás os inimigos que se aproximarem e estarás preparado para a batalha. (Mateus 7:24; 2 Samuel 22:32 e Salmos 18:31 e 95:1).


O Deus que dá às águias entendimento para procurarem um lugar seguro para a construção do seu ninho, que as une em equipa para um objectivo comum, para que possam procriar e cruzar o espaço majestosa e vitoriosamente, é o mesmo Deus Todo-Poderoso que tem ao nosso dispor recursos vastíssimos e tesouros de sabedoria para a construção dos nossos lares.

Aquele que não deixa ao acaso uma simples ave, seja ela de pequeno ou grande porte, que não deixa ao acaso uma única folha de uma árvore frondosa na floresta imensa, não deixará de cuidar do lar que for entregue nas Suas mãos de Pai.

8 comentários:

Amordemadrugada disse...

boa noite amiguita linda
que tenhas uma santa semana
beijito

Graça disse...

Anita linda
Texto com uma bela mensagem!...Aquele k não deixa ao acaso uma simples ave,uma simples folha...não deixará nunca de cuidar... quem se entregar nas suas mãos!! E como é bom viver com esta certeza, como me sinto abençoada por ter este sentimento de encantamento, de certeza... em relação a Deus!!
Bjinhos mil,
Fica bem, fica com Deus,
Graça

Pelos caminhos da vida. disse...

Uma bela mensagem amiga, gostei.

Um lindo dia cheio de bençãos pra vc.

beijooo.

Maria João disse...

Acho que o problema no casamento é que nos esquecemos que quando dizemos o "Sim" somos 3 e não dois. O casal e ... Deus.



beijos

carmen disse...

Anita, linda postagem!
Eu quero ser como a águia, sustentada por Deus, protegida e amada por Ele...

bjs

Marlene Maravilha disse...

Gostei demais da comparacao! O crente tem mesmo que fixar seus olhos no amor imensurável de Jesus por nós, ao doar-se soberanamente ali na cruz do calvário. E quanto as águias, elas sao mesmo um exemplo a ser seguido pelos homens, se eles atentassem a natureza!
beijos e fica com Deus!

Fernanda disse...

Sabia que as águias acasalavam para toda a vida, mas desconhecia esses detalhes.
Muito bonito.

Beijinhos

Calby Paiva - Blog disse...

http://www.ustream.tv/channel/3064708

prémios e miminhos ganhos