03 fevereiro 2010

Entendendo as imperfeições



Queridos amigos recebi esta mensagem da minha amiga Sónia e gostaria de a partilhar convosco, acho que vale a pena reflectirmos sobre isto.


Quando eu ainda era um menino, ocasionalmente, minha mãe gostava de fazer um lanche, tipo café da manhã, na hora do jantar. E eu lembro-me especialmente de uma noite, quando ela fez um lanche desses, depois de um dia de trabalho, muito duro.

Naquela noite longínqua, minha mãe pôs um prato de ovos, linguiça e torradas bastante queimadas, diante do meu pai.
Eu lembro-me de ter esperado um pouco, para ver se alguém notava o facto. Tudo o que meu pai fez, foi pegar a sua torrada, sorrir para minha mãe e perguntar-me como tinha sido o meu dia, na escola.

Eu não me lembro do que respondi, mas lembro-me de ter olhado para ele lambuzando a torrada com manteiga e geleia e engolindo cada bocado.

Quando eu deixei a mesa naquela noite, ouvi minha mãe desculpando-se por ter queimado a torrada. E eu nunca esquecerei o que me pai lhe disse:

"- Baby, eu adoro torrada queimada..."

Mais tarde, naquela noite, quando fui dar um beijo de boa noite ao meu pai, eu perguntei-lhe se ele tinha realmente gostado da torrada queimada... Ele envolveu-me em seus braços e disse-me:

" - Companheiro, sua mãe teve hoje, um dia de trabalho muito pesado e estava realmente cansada... Além disso, uma torrada queimada não faz mal a ninguém. A vida é cheia de imperfeições e as pessoas não são perfeitas. E eu também não sou um melhor empregado, ou cozinheiro!"

O que tenho aprendido através dos anos é que saber aceitar as falhas alheias, escolhendo relevar as diferenças entre uns e outros, é uma das chaves mais importantes para criar relacionamentos saudáveis e duradouros.

Essa é a minha oração para ti, hoje.
Que possas aprender a levar o bem, o mal, as partes feias de tua vida colocando-as aos pés do Senhor.

Porque afinal, Ele é o único que poderá te dar uma relação na qual uma torrada queimada não seja um evento destruidor.

De facto, poderíamos estender esta lição para qualquer tipo de relacionamento: entre marido e mulher, pais e filhos e até com os amigos.

Não ponha a chave de sua felicidade no bolso de outra pessoa, mas no seu próprio.

Veja pelos olhos de Deus e sinta pelo coração Dele; você apreciará o calor de cada alma, incluindo a sua.

As pessoas sempre se esquecerão do que você lhes fez, ou do que lhes disse.

Mas nunca esquecerão o modo pelo qual você as fez se sentir.

Tenham uma excelente uma semana.


Amarás ao teu próximo como a ti mesmo
."
(
Mateus 22: 39)


8 comentários:

Fernanda disse...

Que linda sala de estar, Anita!Muito aconchegante...

Esse senhor é que sabia das coisas! As vezes que fazemos uma tempestade num copo de água...ninharias que nada valem.

Beijinhos

Pelos caminhos da vida. disse...

BOAS COISAS DA VIDA



Se apaixonar.


Rir até sentir o rosto doer.


Uma praia.

Um supermercado sem filas.


Um olhar especial.


Receber cartas ou e-mails.


Dirigir numa estrada bonita.


Escutar sua música preferida no rádio.


Um banho de espuma (avec).


Uma boa conversa.


Um banho quente.

Achar uma nota de R$100 na sua
blusa do inverno passado.


Rir de você mesmo.


Ligações à meia noite que nunca terminam.


Rir sem absolutamente razão nenhuma.


Ter alguém pra te dizer que você é bonita(o).


Rir por alguma coisa que você lembrou.


Os amigos.


Amar pela primeira vez; pela segunda,
pela terceira, ...


Ouvir, acidentalmente, alguém falar bem de você.

Acordar e perceber que ainda faltam
algumas horas para dormir.

O primeiro beijo.


Fazer novos amigos ou ficar junto dos velhos.


Conversas à noite com seu colega de quarto
que não te deixa dormir.


Alguém brincar com o seu cabelo.


Bons sonhos.


Chocolate quente.


Viagens com os amigos.


Dançar.


Beijar na boca.


Ir à um bom show.


Ter calafrios ao ver "aquela" pessoa.


Ganhar um jogo difícil.


Passar o tempo com os(as) amigos(as).


Ver os(as) amigos(as) sorrir ou rir.


Segurar a mão de um(a) amigo(a).


Encontrar com um(a) velho(a) amigo(a) e descobrir
que tem coisas que nunca mudam.

Descobrir que o amor é eterno e incondicional.


Abraçar a pessoa que você ama.


Ver a expressão de alguém que ganhou um presente
que queria muito de você.


Ver o nascer do sol.



Levantar todo dia e agradecer a Deus
por outro lindo dia!

beijooo.

Maria disse...

Boa tarde linda

Aquele jogo ontem até meteu nervos, os portistas aí em casa devem ter ficado felicissimos :) nós sportinguistas havemos de ter o nosso dia feliz hehe.

Beijinhos

Maria

Graça disse...

Olá linda
Bela e sábia mensagem a da tua amiga Sónia, vou pegar e partilha-la com meus amigos!!
Bjinhos e sorrisos.
Fica bem, fica com Deus!
Graça

Neli Araujo disse...

Anita querida,

Muito sábia e verdadeira esta mensagem que a amiga postou para nós hoje!

A se todos tivessem uma atitude assim positiva e justa, como este pai de família!

"Não ponha a chave de sua felicidade no bolso de outra pessoa, mas no seu próprio."

Obrigada pela partilha!

Uma beijoca,

Neli

Ana Maria disse...

Um texto bastante reflexivo.
Às vezes tropeçamos em coisas mínimas, e sentimos cansados e paramos no meio da caminhada.
Um grande beijo querida amiga!

Viviana disse...

Querida Anita

Que actual é este texto!

É mesmo isso, aí.

Oxalá saibamos ser sábios no modo como lidamos com os "nossos" e com os outros.

Defeitos...todos nós temos!

Lembremos isso.

Obrigada por partilhar conosco estas palavras tão sábias.

Um beijo

viviana

Anónimo disse...

Por que nao:)

prémios e miminhos ganhos