19 fevereiro 2010

O castiçal




Tagil era um homem pobre.
Jardineiro, ganhava a vida no trabalho diário com flores e plantas.
Certo dia, quando ele se dirigia para casa encontrou no caminho um homem prestes a ser assaltado.
De alma nobre e ânimo valente, logo foi em socorro do desconhecido.
Graças à sua interferência os dois ladrões fugiram sem causar maiores danos físicos.
Reconhecido, o quase assaltado resolveu premiar o seu salvador. Por ser um rico mercador e possuir muitas e ricas peças, tomou de uma caixa amarela de couro lavrado e a deu ao jardineiro.

Tagil foi rápido para casa.
Mal podia conter a sua curiosidade.
O que será que lhe teria dado o rico senhor?
Como a caixa pesava muito, ele pensou que poderiam ser muitas moedas de prata.
Ao abrir a caixa para conhecer as preciosidades que ela devia conter, ficou desiludido.
Era somente um castiçal.
Um castiçal de metal escuro e pesado.
Tagil ficou muito aborrecido.
Afinal, arriscara a vida lutando contra os salteadores da estrada e no final, somente ganhara aquilo.
O que ele faria com um castiçal?


Convencido do desvalor do presente, ele atirou o castiçal para um canto. Abandonado, o objecto ficou rolando pela casa.
Toda vez que o jardineiro colocava sobre ele os olhos, mais se amargurava lembrando do episódio.
Descuidadamente, o castiçal caiu no terreiro e ficou ao relento alguns dias.
De outra feita, serviu de calço para um móvel partido.
Até como martelo foi utilizado pelo seu dono.


Como as dificuldades da vida de Tagil se avolumassem, ele precisou sair daquela casa e foi morar em outras paragens.
Levou consigo quase tudo que possuía, mas deixou sobre a mesa suja, o castiçal. Afinal, era uma coisa imprestável!


Ora, aconteceu que na casa deixada por Tagil, veio morar um músico. Descobrindo o castiçal em desleixo, teve logo a impressão de que deveria ser uma peça curiosa.
Tirou-lhe o pó e livrou-o das manchas que o recobriam.
Viu então que na base da peça havia várias figuras.
Um belo navio, que parecia vencer as ondas e uma bailarina graciosa que dava a impressão de dançar no meio de um lindo jardim.
Virando um pouco a peça, descobriu ainda um majestoso templo com torres apontadas para o céu. E, finalmente, um corcel negro a galopar sobre uma montanha de nuvens.


Quanta beleza! Imaginou logo o músico que o castiçal deveria ser uma preciosidade. Tratou de mostrá-lo a várias pessoas, até conseguir que um rico colecionador de peças raras o comprasse, por uma fortuna incalculável.
O que nas mãos de Tagil era uma peça inútil transformou-se numa verdadeira preciosidade aos olhos inteligentes de Leonardo.


Quantas pessoas existem no mundo que, à semelhança do jardineiro, possuem ao seu lado tesouros incalculáveis mas cujos olhos não se apercebem do que os rodeia.

A peça preciosa que Deus depositou nas nossas mãos pode ser uma esposa dedicada, uma mãe extremosa, um filho, pais dedicados.

Haverá tesouro maior que o dos afectos que abençoam uma vida, enchendo-a de alegrias?

Aproveite ao máximo os tesouros do tempo e da oportunidade, valorizando o conhecimento pela sua bem dirigida aplicação.





9 comentários:

Viviana disse...

Bom dia, querida Anita!

É verdade, amiga!

Quantas vezes somos tão cegos para apreciar e valorizar "as riquezas" com que o bom Deus nos brinda!?

Frase importante esta:

"Haverá tesouro maior que o dos afectos que abençoam uma vida, enchendo-a de alegrias?"

Sabe que me fez lembrar a minha querida amiga Isabel do blogue S/letras?

O blogue delas é o blogue dos afectos.

E é belíssimo!

Um beijo e um bom dia

viviana

Pelos caminhos da vida. disse...

Que seja belo seu dia...

Que tenha sorrisos, suspiros e abraços.
Sinta pelo menos uma gota de alegria,
Desfrute do caminho, conte os seus passos.
Olhe o céu, as nuvens brancas
Sinta o vento soprando o rosto
Renove as velhas esperanças
Prove novos sabores, um novo gosto.
Distraia-se, não faça nada
Pelo menos, um minuto esqueça
Das vozes, dos sons, das estradas...
Ore, por aquele que mereça.
Se doe, de alma e coração
Ou não, mas também não faça nada mau.
Olhe nos olhos, deixe fluir a emoção
Não perca, a paixão, pois o corpo é mortal.
O que temos são apenas sentimentos,
Vontades, desejos e sonhos.
Vivemos de bons momentos,
Fantasias, visões e planos.
Mas de nada vale, se não temos um bom dia
Pois a vida é a soma de cada um
E na soma dos dias,
o saldo positivo é o que tem de ficar.
Então... que você tenha um ótimo dia,
uma ótima vida !!

(Laysa Liz).

beijooo.

Teresa Calcao disse...

Mesmo na simplicidade de um castical,ha sempre a esperanca de uma "LUZ".... Reflexao muito util para o dia a dia de cada um!!!!
Bom fim de semana,minha querida Anita!
Beijinhos

Sonho de uma Flauta disse...

Que bela história, amei este blog, estou a seguí-la...

Abraços.

gaivota disse...

e que tesouros todos nós acabamos por ter e perder sem lhes dar valor do coração...
ter amigos, é um dos maiores tesouros que Deus nos oferece!
bom fim de semana
beijinhos

Ana Maria disse...

Amiga, bela mensagem!
Tenha um ótimo final de semana!
Beijinhos!

Multiolhares disse...

É verdade minha querida quantas vezes não nos apercebemos dos tesouros que temos á nossa volta
beijitos

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom domingo

Hoje é domingo...
dia lindo lá fora...
quero lhe desejar...
um lindo e iluminado domingo pra você...
desejo que seu dia de domingo...
seja cheio de alegrias...
que você viva suas fantasias...
ouça os pássaros...
veja as borboletas... circulando pelas flores...
buscando o néctar...
buscando a doçura dessa vida...
Que os raios do sol...
transmitam-lhe alegria...
....vida...
....energia...

Se a chuva manter-se

que traga-lhe gotas de bênçãos....
Faça uma fotossíntese em sua alma...
pense em Deus... ele te ilumina nesse domingo...
Te iluminará sempre...
Hoje é domingo...
Viva... ria... corra....divirta-se...
Distribua amor para quem
você ama...
Aproveite esse domingo...
Distribua o seu amor...

beijooo.

tais ac filha do rei disse...

oi vim aqui elogiar seu blog e te fazer tambem um convite para fazer parte de minha rede ning
http://uniaofemblog.ning.com/
essa rede é especifica para mulheres que posuem um blog

prémios e miminhos ganhos